A Terrafertil está 100% comprometida em melhorar o bem-estar dos produtores de physalis por meio de volume garantido, preços justos e treinamento agrícola contínuo.

A Terrafertil trabalha com mais de 1.500 famílias produtoras de pequeno porte das montanhas dos Andes, no Equador e na Colômbia. Nos últimos 10 anos, a Terrafertil colaborou com a criação de 13 associações agrícolas que produzem physalis nas províncias de Pichincha, Imbabura, Napo e Carchi, no Equador, e nas províncias de Nariño, Cundinamarca, Boyacá e Antioquia, na Colômbia.

O fortalecimento das organizações de produtores é importante para nós porque cria coesão entre as famílias e as comunidades de agricultores. As cooperativas fortalecem seus membros econômica e socialmente ao envolvê-los em processos de tomada de decisão que criam novas oportunidades de emprego rural e os capacitam para serem mais resilientes às mudanças econômicas e ambientais.

O fortalecimento das organizações de produtores é importante para nós porque cria coesão entre as famílias de agricultores e as comunidades

Nos últimos 10 anos, a Terrafertil colaborou com a criação de 13 associações agrícolas que produzem physalis nas províncias de Pichincha, Imbabura, Napo e Carchi, no Equador, e nas províncias de Nariño, Cundinamarca, Boyacá e Antioquia, na Colômbia.

GERAÇÃO DE RECEITA SUSTENTÁVEL

A Terrafertil, no Equador e na Colômbia, pagou cerca de US$ 3 milhões para produtores de physalis em 2018

Um dos principais pilares da nossa missão social é proporcionar uma fonte de receita mais confiável para os produtores com os quais trabalhamos.

No Equador, garantimos a compra de toda a produção de physalis de cada produtor a preços anuais fixos com base no volume. Na Colômbia, a Terrafertil combinou com os produtores um preço garantido e estabilizado por um ciclo completo de colheita e também garante a compra de toda a safra de cada produtor.

Este acordo gera uma receita importante para os produtores: A Terrafertil, no Equador e na Colômbia, pagou cerca de US$ 3 milhões para produtores de physalis em 2018.   Os produtores da associação de Minas, no Equador, fizeram, em média, US$ 3.589,00 por família com a physalis em 2018 — um grande incentivo econômico para famílias em uma região que tem poucas oportunidades de emprego.

A cadeia de valor da physalis também gera benefícios para a inclusão de gênero: mais de 40% dos produtores da Terrafertil são mulheres.   Além disso, muitos produtores têm mais de 60 anos, o que gera uma receita de cultivo garantida para estes importantes membros da comunidade.

A Terrafertil também trabalha em colaboração com o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia em um programa chamado "Colheita e Venda Garantidas". Neste programa, o Ministério garante contratos de compra para os produtores, de forma que possam ter acesso a crédito a juros baixos de qualquer instituição financeira. Este aumento no fluxo de caixa ajuda os produtores a investir no gerenciamento da qualidade de suas safras e na expansão de suas áreas de produção.

PROGRAMAS DE TREINAMENTO ROBUSTOS

Nós valorizamos parcerias de longo prazo com associações agrícolas e oferecemos treinamento para a produção de physalis ao longo de todo o ano. Nossos programas incluem fornecer, aos produtores, plantas saudáveis e sementes de alta qualidade; depois, treinamento para dar suporte ao plantio, ao controle de pragas e ao controle de qualidade pós-colheita.

No Equador, estabelecemos o  programa de treinamento Farmer Field School (FFS), para aperfeiçoar o aprendizado de 400 produtores nas regiões de Minas, Cangahua, Asama e Pimampiro . A meta do FFS é reunir os produtores e criar espaços para "aprender fazendo". Os produtores compartilham experiências e aprendizados e ajudam uns aos outros a melhorar sua produção orgânica, bem como o manejo de pragas e a superar outros desafios.

A Terrafertil garante um conteúdo programático de alta qualidade e metodologias de treinamento líderes no mercado nos FFS, por meio de parcerias com as melhores universidades do Equador, inclusive a Universidad San Francisco de Quito, a Universidad Central e a Universidad Técnica del Norte.

No Equador, criamos o programa Farmer Field School (FFS) em 2018, para aperfeiçoar a aprendizagem de 400 produtores das regiões de Minas, Cangahua, Asama e Pimampiro

NÃO UTILIZAÇÃO DE TRABALHO INFANTIL

A Terrafertil é membro ativo da "Rede de empresas por um Equador livre de trabalho infantil", organizada pelo UNICEF

A Terrafertil está 100% comprometida com uma cadeia de suprimentos de physalis livre de trabalho infantil e é membro ativo da "Rede de empresas para um Equador livre de trabalho infantil" organizada pelo UNICEF. As principais metas para os membros da rede em que a Terrafertil está trabalhando, incluem:

  • Trabalhar com as principais partes interessadas e fornecedores para identificar e desenvolver a conscientização em torno de possíveis ocorrências de trabalho infantil.
  • Implementação ativa de políticas e procedimentos da empresa relativos ao trabalho infantil
  • Estabelecer mecanismos para facilitar o acesso ao "canal de reclamações" sobre trabalho infantil desenvolvido pelo Ministério de Relações Trabalhistas.
  • 100% dos contratos novos e renovados incorporam um capítulo especial sobre trabalho infantil.